-->

Notícias

22 março 2022

Mulher que teve relações com morador de rua está em tratamento

Mulher que teve relações com morador de rua está em tratamento




A história de Eduardo Alves, sua esposa Sandra Mara e o morador de rua de 48 anos (reveja aqui), envolvidos na polêmica da última semana, segue sendo investigada pela Polícia Civil em sigilo, de acordo com o delegado Diogo Cavalcante, da 16ª DP de Planaltina.

Até o momento, Eduardo segue sem ser indiciado por agressão e o homem em situação de rua sem responder por violência sexual contra Sandra – versão defendida pelo companheiro da vendedora. A autoridade responsável afirmou que, em momento oportuno, irá se manifestar sobre o caso.





Em entrevista ao O Globo na última sexta-feira,18, Cleyton Costa, professor de educação física e ex-marido de Sandra, afirmou que a vendedora é uma ótima mãe e que não merecia estar passando por isso. Ele contou ainda que tem evitado comentar sobre o assunto.

“Isso pegaria qualquer um que a conhece de surpresa. A Sandra é uma pessoa de coração muito bom, sempre ajudou a família dela e quando fomos casados ela também se uniu à minha família. Isso o que aconteceu (um possível surto psicótico) provavelmente foi por ela ser uma pessoa muito emotiva, mas somente um médico pode explicar melhor”, disse o educador físico.

Cleyton conta que Eduardo, atual companheiro de Sandra, é quem está cuidando do tratamento da mulher e da questão policial. Também afirmou que ainda não teve contato direto com a ex-mulher e revela um temor que há sobre uma possível recaída em seu estado psicológico quando ficar sabendo da proporção que a história tomou.

Em pronunciamento, Eduardo fez um apelo para que a situação não seja tratada como um episódio de traição, mas sim de abuso sexual.

Responsabilidade: Imagens, artigos ou vídeos que existem na web às vezes vêm de várias fontes de outras mídias. Os direitos autorais são de propriedade total da fonte. Se houver um problema com este assunto, você pode entrar em contato