-->

Notícias

24 março 2022

Governo do Estado inicia pesquisa de avaliação de impacto de projeto em comunidades rurais

Governo do Estado inicia pesquisa de avaliação de    impacto de projeto em comunidades rurais











Foi iniciada na última quarta-feira, (23/03), a aplicação de entrevistas para avaliar o impacto das ações do projeto Pró-Semiárido, junto às famílias rurais dos 32 municípios atendidas. A ideia é aplicar os questionários nas mesmas famílias que foram entrevistadas no marco zero do projeto, em meados de 2016, a fim de obter dados comparativos da situação destas pessoas antes e depois da chegada da ação de combate à pobreza do Governo do Estado da Bahia.


Para garantir que a pesquisa assegure a coleta de dados expressivos e fidedignos, a Práxis, empresa contratada para aplicar os questionários e tabular os resultados, realizou treinamento nos municípios de Juazeiro, Senhor do Bonfim e Jacobina, com as equipes que percorrerão as comunidades rurais para instruí-las e tirar possíveis dúvidas sobre os questionários e o trabalho em campo.

Carla Ferreira, que faz parte da assessoria de Monitoramento e Avaliação do Pró-Semiárido, explicita que esta pesquisa é de grande relevância para mostrar o reflexo das ações do projeto junto às famílias. “A avaliação de impacto é fundamental e muito importante para o projeto, tendo em vista que ela vai demonstrar os resultados decorrentes do investimento ao longo dos anos e avaliar, por exemplo, questões como qualidade de vida, incremento de renda, volume e aumento de produção, segurança alimentar, que são indicadores importantes para mensurar o impacto do projeto”.

Ela assinala ainda a importância da pesquisa para dar visibilidade a Agricultura Familiar. “Teremos dados levantados a partir de uma avaliação com base em uma metodologia de pesquisa, que irá revelar os resultados do projeto a partir de um processo comparativo com base no levantamento que foi feito no início do projeto e nos dados a serem extraído nesta fase final da ação”.

Além das famílias beneficiárias do Pró-Semiárido, a pesquisa será aplicada também em comunidades que não receberam o projeto, para que seja possível fazer uma análise dos impactos na vida de pessoas que tiveram acesso à política pública e de outras que não participaram. A previsão é de que os resultados da Avaliação de Impacto sejam apresentados em meados de junho deste ano.

O Pró-Semiárido é cofinanciado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).










Atenciosamente,


Assessoria de Comunicação da SDR/CAR

Responsabilidade: Imagens, artigos ou vídeos que existem na web às vezes vêm de várias fontes de outras mídias. Os direitos autorais são de propriedade total da fonte. Se houver um problema com este assunto, você pode entrar em contato