Notícias

domingo, 4 de abril de 2021

Renato ‘cutuca’ Borré e revela bastidores da conversa com o artilheiro: “Ele deu a palavra dele”

Renato ‘cutuca’ Borré e revela bastidores da conversa com o artilheiro: “Ele deu a palavra dele”


O comandante gremista abriu o jogo sobre a quase chegada do atacante, deu detalhes sobre a negociação e o motivo do acordo final não ter acontecido 

O Grêmio venceu o primeiro Gre-Nal da temporada e a torcida aliviou a pressão em cima do técnico e principalmente dos jogadores. Ganhar um clássico é sempre bom e ameniza qualquer aspecto ruim. Agora, o grupo terá bem mais tranquilidade para trabalhar visando os próximos campeonatos e, assim, e tentar evoluir dentro de campo.

Em entrevista coletiva, Renato Portaluppi surpreendeu e falou sobre o assunto Borré, atacante que ficou muito próximo do Imortal e os gremistas já estavam ansiosos esperando a chegada do colombiano. No entanto, ele demorou para assinar o pré-contrato e a direção do clube gaúcho acabou desistindo da sua contratação.

“O Grêmio tentou de tudo. Eu mesmo falei com o jogador, uns 15 dias atrás, lá do Rio (de Janeiro, onde o treinador passou os dias de folga). Estava quase tudo certo, ele deu a palavra dele. Empresário deu a palavra. Agora, não podemos botar arma na cabeça de ninguém. O Grêmio fez de tudo e ele deu para trás, ele não quis (assinar)”, revelou o técnico.

Renato ‘cutuca’ Borré e revela bastidores da conversa com o artilheiro: “Ele deu a palavra dele”
O comandante gremista abriu o jogo sobre a quase chegada do atacante, deu detalhes sobre a negociação e o motivo do acordo final não ter acontecido 

O Grêmio venceu o primeiro Gre-Nal da temporada e a torcida aliviou a pressão em cima do técnico e principalmente dos jogadores. Ganhar um clássico é sempre bom e ameniza qualquer aspecto ruim. Agora, o grupo terá bem mais tranquilidade para trabalhar visando os próximos campeonatos e, assim, e tentar evoluir dentro de campo.

Em entrevista coletiva, Renato Portaluppi surpreendeu e falou sobre o assunto Borré, atacante que ficou muito próximo do Imortal e os gremistas já estavam ansiosos esperando a chegada do colombiano. No entanto, ele demorou para assinar o pré-contrato e a direção do clube gaúcho acabou desistindo da sua contratação.

“O Grêmio tentou de tudo. Eu mesmo falei com o jogador, uns 15 dias atrás, lá do Rio (de Janeiro, onde o treinador passou os dias de folga). Estava quase tudo certo, ele deu a palavra dele. Empresário deu a palavra. Agora, não podemos botar arma na cabeça de ninguém. O Grêmio fez de tudo e ele deu para trás, ele não quis (assinar)”, revelou o técnico.

Renato também citou os números salariais de Borré que saíram na imprensa brasileira caso o atacante fosse realmente contratado pelo Grêmio. O comandante relembrou que o jogador chegaria de graça, não precisaria pagar nada ao River Plate e, por isso, os vencimentos mensais elevados são normais.

“Os números que saíram do Borré… As pessoas falam 'ah, ele vai ganhar esse salário aí'. Ele iria receber aqueles valores porque o clube não estava contratando do River. O salário era normal. O Grêmio não ia pagar nada ao River, ele ia vir de graça”, explicou o treinador.

Responsabilidade: Imagens, artigos ou vídeos que existem na web às vezes vêm de várias fontes de outras mídias. Os direitos autorais são de propriedade total da fonte. Se houver um problema com este assunto, você pode entrar em contato