Polícia prende pai de menina de 3 anos que morreu após ser estuprada na BA; suspeito participou do enterro da criança




A Polícia Civil prendeu, na quarta-feira, o pai da menina Ilana, de 3 anos, que morreu após ser estuprada no povoado de São Pedro, Formosa do Rio Preto, no oeste da Bahia. De acordo com o delegado Arnaldo Alves do Monte, um dos responsáveis pelo caso, o suspeito, identificado pelas iniciais A.S.S, tem 33 anos.


Ainda segundo a polícia, após a prisão do homem, a mãe da criança admitiu que seu companheiro foi responsável pelo crime e afirmou que praticou "atitudes satânicas" contra a criança. A polícia pediu a prisão temporária do suspeito e aguarda resposta do poder judiciário.

O suspeito é acusado de estupro de vulnerável com resultado de morte, um crime considerado hediondo.

A prisão ocorreu logo após o homem ter participado do enterro da criança. De acordo com o delegado, no momento em que foi preso, o suspeito estava em cima de uma moto e se preparava para fugir.

Após a detenção do homem, a polícia solicitou exames de constatação de estupro para os outros cinco filhos menores do casal. O Conselho Tutelar foi acionado e passou a guarda das cinco crianças para uma tia, que mora no centro da cidade de Formosa do Rio Preto.

Laudo confirmou estupro como causa da morte

O laudo pericial da morte da menina, divulgado nesta terça-feira (4), confirmou que a criança foi vítima de estupro há cerca de 15 dias. O caso aconteceu em Formosa do Rio Preto, no oeste da Bahia.

Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!