PP baiano deve perder pelo menos cinco deputados em 2022; entenda




O PP da Bahia pode contar com cinco deputados estaduais a menos na eleição de 2022. Alguns nomes não devem tentar a reeleição na Assembleia Legislativa da Bahia, enquanto outros podem mudar de partido.
Aderbal Caldas, por exemplo, é um dos que devem se aposentar. Já o Dal deverá tentar subir para a Câmara Federal. Júnior Muniz, por sua vez, deverá procurar um novo abrigo por uma questão de sobrevivência política.

Também levantam dúvidas os destinos de Robinho e Jurandy Oliveira. O primeiro rompeu e virou oposição ao governador Rui Costa (PT).

Vale lembrar que o partido na Bahia vive uma série de impasses: nacionalmente, pode compor a chapa majoritária de Jair Bolsonaro, o que traria problemas para a aliança local com o PT; além disso, vem sendo "flertado" pelo pré-candidato ACM Neto (DEM) e pressiona para que Rui renuncie ao cargo para que o presidente estadual, João Leão, assuma o Governo da Bahia até o final do ano que vem.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!