-->

Notícias

11 dezembro 2021

Martagão realiza 10º transplante pediátrico de medula óssea

Martagão realiza 10º transplante pediátrico de medula óssea




O Hospital Martagão Gesteira, em Salvador, realizou o 10º transplante pediátrico de medula óssea. A paciente foi Isabella Quinane, que tem um neuroblastoma no estágio IV, passou pelo procedimento no fim de novembro e teve alta na terça-feira (7).



Desde outubro do ano passado, o Martagão passou a realizar transplantes de medula óssea (TMO) em crianças. No estado, pelo SUS, a instituição é a única a fazer esse tipo de procedimento em pacientes pediátricos.



A menina tem reagido bem, segundo a oncopediatra do Martagão Natália Borges, especialista na área.



O transplante de medula óssea custa, em média, R$ 80 mil, sendo que R$ 30 mil são repassados pelo SUS. Os R$ 50 mil restantes são obtidos por meio de parcerias e doações.



O Martagão se preocupa com a continuidade do programa. “É um desafio que enfrentamos. Não é fácil. Recentemente, tivemos o apoio do Instituto Ronald McDonalds, com a campanha do McDia Feliz que vai nos ajudar a fazer mais uns 8 ou 10 transplantes, mas a nossa preocupação é com a continuidade do programa de TMO do Martagão. Precisamos vislumbrar uma saída que possibilite a manutenção do programa, com um financiamento regular”, acrescenta presidente da Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil (entidade mantenedora do Martagão), Carlos Emanuel Melo.

Responsabilidade: Imagens, artigos ou vídeos que existem na web às vezes vêm de várias fontes de outras mídias. Os direitos autorais são de propriedade total da fonte. Se houver um problema com este assunto, você pode entrar em contato