Ciro Gomes é aconselhado a desistir de candidatura após ser alvo de operação da PF




Após o pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), se tornar alvo de uma operação da Polícia Federal, que investiga suposto esquema de corrupção na construção da Arena Castelão, durante as obras para a Copa do Mundo de 2014, a cúpula de seu partido defende que o ex-ministro não concorra às eleições presidenciais do próximo ano.
Segundo a Folha de S.Paulo, a argumentação do grupo é a de que a ação ocorreu em um momento frágil da campanha, em que Ciro aparece nas pesquisas empatado ou atrás do ex-juiz Sergio Moro. Outro ponto seria o clima hostil vivido entre o pré-candidato pedetista e parte da bancada federal na Câmara dos deputados.
Integrantes da alta cúpula do PDT defendem a ideia da sigla não ter um candidato à presidência e, com isso, direcione seus esforços para a eleição dos deputados federais.









Fonte: O dia e IG
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!