Biojoias produzidas por quilombolas abrilhantam Feira da Agricultura Familiar






Muita arte, moda, artesanato, acessórios sustentáveis e biojoias podem ser adquiridos na 12ª edição da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, nas Tendas Indígena e Quilombola, além da Tenda Flores e Artesanatos. Os espaços trazem um pouco da cultura e tradição de diversos povos e etnias da Bahia. O evento acontece até este domingo (19), no Parque Costa Azul, em Salvador.


Na Tenda Quilombola, tem lançamento. São as Biojoias, uma linha especial de produtos como colares e brincos. Produtos altamente sustentáveis, com matéria-prima extraída da natureza, como coco da piaçava, o coco de praia e sementes da seringueira.

As biojoias são produzidas por artesãs da Associação de Biojoias, Pesca e Agricultura de Ituberá (Abpagi) e já estão sendo comercializadas pela designer de biojoias amazonense Maria Oiticica, que realizou a formação das artesãs da associação, uma parceria entre o projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, e a Michelin, uma das principais fabricantes de pneus do mundo, por meio do programa Arte Sustentável Michelin Ouro Verde Bahia.

O presidente da Abpagi, Domingos Conceição, lembrou que a associação começou a participar da Feira Baiana da Agricultura Familiar em 2015 e que o evento proporcionou oportunidades de venda. “Nossos produtos começaram a ficar mais conhecidos e, com isso, tem trazido geração de emprego e renda, para beneficiar as agricultoras familiares do Baixo Sul. Este ano, apresentamos as biojoias, produtos do quilombo, e temos boas expectativas”.

A Feira tem entrada gratuita e conta com a comercialização de 1.500 produtos de 200 cooperativas e associações de todo o interior do estado, espaços inéditos como licuriteria (produtos derivados do licuri), umbuteria (produtos derivados do umbu), cajuteria, (produtos derivados do caju), cachaçaria, cafeteria e chocolateria, espaço infantil, Vila Gastronômica e uma programação musical diversificada.

A 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária é realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes-Bahia), com o apoio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), de Inovação Ciência e Tecnologia (Secti), da Agricultura (Seagri), da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e Banco do Nordeste.



Assessoria de Comunicação SDR/CAR
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!