Maioria dos acidentes com aviões como o de Marília não tem fatalidade, diz especialista




O acidente que culminou com a morte da cantora Marília Mendonça, nesta sexta-feira (5), não é comum. Segundo Roberto Peterka, especialista em segurança de voo, incidentes envolvendo aeronaves como a que a sertaneja estava não resulta em mortes.

“A grande maioria com avião pequeno não tem fatalidade. O que resulta em morte não é o dano na aeronave, mas a desaceleração. Vem com uma certa velocidade, depois vem a zero, causando rompimento da parte interna das vítimas”, explicou, em entrevista à GloboNews.

O avião que levava Marília Mendonça estava com registro regular para táxi aéreo, de acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da avião. De acordo com a coluna de Guilherme Amado, no Metrópoles, ele foi comprado pela PEC Taxi Aéreo em julho do ano passado e tem capacidade para seis pessoas.



“Aparentemente, deve ter tido algum problema. Como é bimotor, com a carga que tinha, era pra continuar voando. Se um motor parasse, o outro continuaria”, disse Roberto Peterka.

Famosos lamentam morte

Diversos famosos lamentaram a morte de Marília Mendonça. Um deles foi a cantora baiana Daniela Mercury. A artista disse que está “em choque”. “É uma tragédia! Sinto imensamente por ela, pelo filhinho Léo, pelo marido, pela família, pelos outros que morreram no acidente. Ela era uma artista gigante no auge da carreira. Uma tristeza sem tamanho.”
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!