Tribunal de Justiça rejeita pensão de R$ 100 mil para mãe de filhos de Gugu




O Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou o pedido de pensão alimentícia de R$ 100 mil mensais feito pela médica Rose Miriam Souza di Matteo ao espólio do apresentador Gugu Liberato, que morreu em novembro de 2019.

Rose é mãe dos três filhos de Gugu e fez o pedido de pensão em um processo aberto na Justiça em que solicita o reconhecimento de união estável com o apresentador, o que lhe daria direito à metade da herança.





O processo de reconhecimento da união estável ainda não foi julgado, mas a Justiça de primeira instância havia concedido a pensão alimentícia em caráter provisório. Os herdeiros recorreram da decisão e, no início do ano passado, obtiveram uma liminar suspendendo o benefício.

A médica não era casada oficialmente com Gugu e não foi incluída no testamento por meio do qual o apresentador deixou 75% dos seus bens para os filhos e 25% para cinco sobrinhos. (Metro1)
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!