China vacinará crianças de 3 a 11 anos, em meio a novos casos de covid




A China vai começar a vacinar contra a covid-19 crianças a partir dos 3 anos. Os governos locais de nível municipal e provincial emitiram nos últimos dias, em pelo menos cinco províncias, avisos anunciando que as crianças de 3 a 11 anos serão obrigadas a ser vacinadas.

De acordo com a Associated Press, a estratégia faz parte de um esforço do governo para evitar novos surtos da doença no país, que já tem 76% da população totalmente vacinada.

Partes da China têm adotado novas medidas de restrição à disseminação do coronavírus para impedir pequenos surtos. Gansu, província do noroeste fortemente dependente do turismo, fechou todos os locais turísticos após encontrar novos casos de covid-19. Residentes em partes da Mongólia Interior foram obrigados a ficar em casa por causa de um surto.

A Comissão Nacional de Saúde relatou que 35 novos casos de transmissão local foram detectados nas últimas 24 horas, quatro deles em Gansu. Outros 19 casos foram encontrados na região da Mongólia Interior, com outros espalhados pelo país.

Ainda segunda a Associated Press, nos bastidores, o governo chinês demonstra preocupação com a disseminação da variante delta, que é mais contagiosa, pelos viajantes e com o grande público vacinado antes das Olimpíadas de Pequim, em fevereiro. Os espectadores estrangeiros já foram banidos dos Jogos e os participantes terão que ficar em uma bolha que os separa das pessoas de fora.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!