Bolsonaro inaugura obra em Pernambuco que não vai entrar em funcionamento




O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai até a cidade de Sertânia, em Pernambuco, nesta quinta-feira (21) para inaugurar o Ramal do Agreste. O evento faz parte do que foi batizado de Jornada das Águas, que se trata de uma série de viagens do presidente e ministros para anunciar ou inaugurar obras hídricas. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.



Porém, o Ramal do Agreste não começará a cumprir a sua função de levar água às casas de mais de 2 milhões de pessoas em 68 cidades da região com mais escassez hídrica do estado após a inauguração feita por Bolsonaro.



Para entrar em funcionamento, o Ramal depende da conclusão das obras da Adutora do Agreste, que, de acordo com a gestão Paulo Câmara (PSB-PE), só não foram finalizadas ainda porque o próprio presidente da República vetou, em abril, o envio de R$ 161 milhões previstos para isso.



"Em todo o ano de 2021, nenhum único centavo foi repassado ao Governo de Pernambuco para o andamento das adutoras", diz a administração estadual, em nota.



Já o Ministério do Desenvolvimento Regional criticou a execução dos trechos da Adutora do Agreste escolhida pelo governo pernambucano e acusou a gestão estadual de omitir nas divulgações os repasses do Governo Federal.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!