Polícia Civil prende mais um participante do assassinato de Bruno Lino em Canavieiras




Na manhã desta terça-feira (31), policiais civis da DT de Canavieiras e da 7ªCoorpin/Ilhéus, prenderam mais um suspeito de participação no assassinato do empresário e gerente de pousada Bruno Lino de Andrade Loureiro, ocorrido em 05 de fevereiro de 2020, na Pousada Praia da Costa, em Canavieiras.

O indivíduo foi preso na Rua Principal do bairro Jardim Burundanga, em Canavieiras. Este é o terceiro suspeito preso acusado de executar Bruno Lino à mando de uma empresária alemã, identificada como Corina Aracelly Retzlaff Schroder.

Os outros dois participantes da execução já haviam sido presos, conforme reportagens do Verdinho Itabuna, que você pode relembrar nos links abaixo, disponibilizados em ordem cronológica. As investigações foram comandadas pelo delegado Renato Fernandes Ribeiro, da Delegacia Territorial de Canavieiras.

Links relacionados:

Namorado de empresária é o principal suspeito de matar comerciante em Canavieiras



Canavieiras: Polícia prende outro acusado de assassinato de Bruno Lino

Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!