Fraude milionária na construção civil envolve empresas em Ilhéus




Uma operação batizada como “corações de ferro” cumpriu mandados de busca e apreensão em Ilhéus nesta terça-feira (31). Onze empresas da cidade sul-baiana e sete de Salvador reúnem 23 investigados numa rede envolvida em sonegação fiscal e lavagem de dinheiro. O débito nos cofres públicos com impostos chega a R$ 11 milhões.


A ação, envolvendo Ministério Público, polícias Civil e Militar, e Secretaria de Fazenda, apreendeu computadores, notebooks e materiais de construção. Tudo irá passar por perícia.

“São empresas constituídas por laranjas, com documentos falsificados para driblar o fisco e assim essa empresa muitas vezes não é encontrada. Porque não têm operatividade física. Além disso, a organização criminosa adquire produtos como se fossem consumidores finais, e põem a mercadoria à venda”, explicou o promotor Inocêncio de Carvalho.

Entre as ações investigadas, a compra irregular de cobre, material bastante usado na construção civil. Segundo a polícia, o fluxo de mercadorias era encerrado na penúltima etapa, para que a última operação de venda não fosse concluída. “Eles fingiam ser da construção civil, quando esse material era na verdade destinado a revenda”, completa o promotor Hugo Casciano de Sant’Anna.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!