Ex-empregado dos Bolsonaro revela supostos crimes cometidos pela família




Um homem que trabalhou durante 14 anos para a família Bolsonaro afirmou ter testemunhado uma série de crimes que teriam sido cometidos pela advogada Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente da República, e por seus filhos, Flávio e Carlos Bolsonaro.





Marcelo Luiz Nogueira dos Santos, que se demitiu recentemente por não receber o salário pedido, reconstituiu em cada detalhe todos os anos em que serviu à família. Primeiro, trabalhou na campanha de 2002 de Flávio para deputado estadual. Entre 2003 e 2007, foi lotado no gabinete do mesmo filho de Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).



O ex-empregado dos Bolsonaro confessa ter devolvido 80% de tudo que recebeu no gabinete de Flávio nos quase quatro anos em que foi seu servidor da Alerj: um total de cerca de R$ 340 mil.



De acordo com Marcelo, era Ana Cristina quem comandava o esquema de rachadinhas da família até a separação de Jair, em 2007, quando o atual senador Flávio Bolsonaro e o vereador do Rio, Carlos Bolsonaro, assumiram a responsabilidade, recolhendo os parte dos salários dos funcionários de seus gabinetes.



As declarações de Marcelo foram realizadas à coluna de Guilherme Amado, no portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!