Comissão da Câmara aprova audiência pública com Jair Renan para apurar repasse à empresa de games




A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) aprovou na sessão desta quarta-feira (21) a convocação de uma audiência pública para convidar o filho do presidente Jair Bolsonaro, Jair Renan, para esclarecer as suspeitas de envolvimento no repasse de recursos federais para uma empresa de jogos eletrônicos. O filho caçula do presidente é alvo desde março de uma investigação da Polícia Federal sobre tráfico de influência.

Os representantes do Ministério do Turismo, chefiado por Gílson Machado, também devem comparecer à audiência. A pasta destinou, por meio do Fundo Nacional de Cultura, R$ 4,6 milhões para a empresa Casinha Games. Os recursos chegaram a ser alocados, mas sem nenhum detalhamento do projeto e qual a sua função.

A oposição quer saber se Jair Renan, que possui uma empresa em Brasília de esportes eletrônicos e foi morar há poucos meses com a sua mãe, Ana Cristina Siqueria Valle, em uma mansão na cidade, tem relação com a Casinha Games, completamente desconhecida até por especialistas no segmento.

No último dia 16, o deputado federal Alexandre Padilha (PT) apresentou um requerimento para cobrar explicações do Ministério do Turismo em um prazo de 30 dias.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!