Adeum Sauer deixa legado de defesa e avanços para a Educação em Itabuna, na Bahia e no Brasil




No dia em que se comemora o centenário do nascimento do maior educador nacional e um dos maiores do mundo, o Patrono da Educação Paulo Freire, itabunenses e baianos lamentam a morte de nosso maior referencial, Adeum Hilário Sauer, que faleceu na noite de sábado (18), em um acidente de carro próximo a Canavieiras. Sociólogo, professor da Uesc, ex-servidor da Ceplac, secretário de Educação de Itabuna e da Bahia, presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), integrante do Conselho Nacional de Educação. O legado de Adeum Sauer para a educação é imenso e ainda deverá ser estudado.

Não à toa, amigos, companheiros, autoridades e instituições, bem como populares nas redes sociais lamentam o falecimento do professor que orgulhou itabunenses e baianos. Para o ex-prefeito Geraldo Simões, o legado de Adeum na educação é imenso. “Ele universalizou a oferta da educação básica em Itabuna, em nosso primeiro governo. Saímos de 16 para 30 mil alunos”, lembra, referindo-se ao seu primeiro governo, de 1993 a 96. No mesmo período, outro feito: “reduziu a evasão e repetência de 40 para menos de 10%”, recorda.


Era também admirado pelos professores, uma vez que implantou a realização de concursos, o que não ocorria em Itabuna, e promovia a valorização profissional. “Em nossa primeira gestão o salário dos professores era o maior da Bahia”, afirma Geraldo. A formação continuada dos professores era outra marca: “Sua ligação com os cérebros da educação nacional permitiu que Paulo Freire, Ester Gross e Professor Arroyo ajudassem na formação de nossos professores. Para o professor e, por extensão a toda educação, foi um período de ouro”. Geraldo ainda destaca a criação, em seu segundo mandato, do programa Escola Grapiúna: “Revolucionou a educação, ao substituir o sistema seriado, pelo de ciclos, que permite ao aluno um aprendizado adequado para seu período de vida”.

Notas de Pesar

O trágico falecimento do professor Adeum desencadeou uma onda de pesar nas redes sociais. O próprio Geraldo Simões divulgou um texto em que relata sua amizade e a parceria entre prefeito e secretário de Educação. Outras autoridades e instituições também divulgaram notas lamentando o falecimento do professor.

Geraldo Simões

A notícia do falecimento do professor Adeum Sauer pegou a todos de surpresa e deixou um grande sentimento de tristeza e desconsolo. Comigo não foi diferente. Adeum foi ao longo de décadas um amigo, um companheiro na consolidação do Partido dos Trabalhadores em Itabuna, e um grande secretário em nossas duas gestões no município.

Passou por Adeum a revolução que promovemos na educação itabunense, nos anos de 1993 a 96 e de 2001 a 2004. Foi ele quem desenvolveu as principais políticas públicas na educação na Bahia naquela época, com a criação do programa Zerando a Repetência e a criação da Escola Grapiúna, saindo do modelo seriado para o de ciclos, que garante a aprendizagem adequada a cada período da vida do aluno.

Adeum foi um grande formulador de políticas públicas, um grande educador. Como secretário estadual de Educação do primeiro governo do PT na Bahia, criou um dos maiores programas de enfrentamento à chaga do analfabetismo, o TOPA (Todos Pela Alfabetização). Muito premiado e reconhecido nacionalmente, o TOPA levou a luz do letramento a milhares de baianos.

Falar de Adeum é lembrar de um homem público de visão para muito além da mediocridade reinante, mas também um amigo de todas as horas, um companheiro que não fugia às lutas. Acima de tudo, uma pessoa humana que dava gosto e orgulho de ter como companheiro e amigo.

Que Deus acolha sua alma e conforte a todos nós que ficamos, especialmente sua família e legião de amigos.

*****
Jackson Moreira – Presidente do PT Itabuna

Hoje é um dia triste para o Partido dos Trabalhadores, para a Educação e para todos os que conheceram o professor Adeum Hilário Sauer. Ex-presidente do PT de Itabuna, Adeum foi secretário de Educação de Itabuna e da Bahia, tendo contribuído para o desenvolvimento de milhões de baianos e itabunenses com as políticas públicas que desenvolveu e implantou. O Partido dos Trabalhadores lamenta profundamente essa perda irreparável de um de seus maiores quadros, além de grande amigo e companheiro de todas as horas. Vá em paz, Adeum.
Rui Costa

O governador Rui Costa lamentou neste domingo (19), por meio das redes sociais, a morte de Adeum Hilário Sauer. Professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adeum Sauer foi secretário da Educação do Estado entre os anos de 2007 e 2009.

Na publicação, Rui destacou que “sua trajetória foi marcada pelo empenho em transformar a vida de baianos e baianas pela educação. Que Deus conforte seus familiares e amigos neste momento de dor”.
Secretaria Estadual de Educação

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) lamenta, com profundo pesar, a morte do professor Adeum Hilário Sauer, 69, em um acidente automobilístico, neste sábado (18), no Sul da Bahia. Adeum, que era professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), foi secretário da Educação do Estado, no governo de Jaques Wagner, entre os anos de 2007 e 2009.

O atual secretário da pasta, Jerônimo Rodrigues, prestou solidariedade à família. “É uma tristeza muito grande receber esta notícia e no dia em que marca o centenário de Paulo Freire. O professor Adeum teve uma vida dedicada à educação. Um gaúcho que escolheu a Bahia para viver. Ele deixa um legado e seu exemplo de trabalho e dedicação pela educação pública e de qualidade. Nossos profundos sentimentos à família e a todos que com ele tiveram a oportunidade de conviver”.

Durante a gestão do professor Adeum, na SEC, foram implantados projetos que dinamizaram o ambiente escolar e promoveram o protagonismo estudantil, a exemplo do Festival Anual da Canção Estudantil (FACE); do Artes Visuais Estudantis (AVE); e do Tempos de Arte Literária (TAL). Outra marca foi o Programa Todos pela Alfabetização (TOPA), que culminou com mais de 1,5 milhões de pessoas alfabetizadas na Bahia, além de projetos ambientais, voltados à valorização das culturas afro-brasileira e indígena, e da Educação Profissional e Tecnológica.

O professor Adeum era formado em Filosofia e Direito, com pós-graduação em Sociologia e Política e mestrado em Sociologia feito na Alemanha. Foi pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da UESC; presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime); secretário municipal de Educação de Itabuna, nos períodos de 1993-1996 e 2001-2004; consultor do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para assuntos de Educação, em 1997; consultor do Fundescola, de 1997 a 2000; membro do Conselho Consultivo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação; e membro da Câmara de Educação Básica (CEB) do Conselho Nacional de Educação (CNE).
APPI-APLB Sindicato – Costa do Cacau
A APPI/APLB manifesta profundo pesar pelo falecimento do professor e ex-secretário estadual da Educação, Adeum Hilário Sauer, vítima de acidente automobilístico no sul da Bahia, na noite de ontem, aos 69 anos. O sindicato solidariza-se com a família do professor.

Natural do Rio Grande do Sul, o professor Adeum formou-se em Filosofia e em Direito, era pós-graduado em Sociologia e Política com mestrado em Sociologia, concluído na Alemanha. Foi Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual de Santa Cruz, coordenador de Pós-Graduação em Direito Público da Facsul e presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Adeum Sauer também foi secretário municipal de Educação de Itabuna entre 1993 e 1996 e de 2001 a 2004. É dele a implantação da Escola Grapiúna, projeto pioneiro na Bahia que substituiu o ensino serial por ciclos, valorizando a educação com qualidade, inclusão social e participação democrática. Adeum também ocupou a titularidade da secretaria estadual da Educação em parte do primeiro governo Jaques Wagner.
ADUSC

É com imensa tristeza que informamos o falecimento do professor Adeum Hilário Sauer, do Departamento de Filosofia e Ciências Humanas (DFCH) da UESC, ocorrido na noite deste sábado (18).

Ex-secretário de Educação da Bahia e de Itabuna, Adeum faleceu aos 69 anos, após um acidente de carro, próximo à cidade de Canavieiras.

A ADUSC lamenta profundamente o ocorrido, ressalta a bela trajetória do docente, que sempre empenhou esforços em prol da sociedade baiana, e manifesta solidariedade aos familiares e amigos.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!