Teixeira de Freitas: Protesto cobra justiça em caso de jovem achada morta




Uma manifestação cobrou justiça ao caso de uma jovem encontrada morta em uma praia de Prado, no Extremo Sul baiano. Segundo a TV Santa Cruz, o grupo percorreu um trajeto entre a rua que a vítima morava até a delegacia da cidade. O ato ocorreu nesta quarta-feira (25) para exigir a prisão dos envolvidos no crime que vitimou Erika Rodrigues Batista, de 18 anos (ver aqui).



Os participantes usavam camisas que estampavam a foto da jovem. Conforme o delegado Kleber Gonçalves, que investiga o crime, a vítima foi estuprada e morta por estrangulamento e estava sem as partes debaixo da roupa, o que atestou ter ocorrido relação sexual.



Erika foi encontrada morta na madrugada do último domingo (22), na Praia do Peixe Grande, em Cumuruxatiba, localidade de Prado. A vítima acampava com o namorado e outros dois casais. Até o momento, seis pessoas já prestaram depoimento.



Até esta quinta-feira (26) ninguém foi preso devido ao caso. O corpo de Erika Batista foi enterrado na tarde da segunda-feira (23) em Teixeira de Freitas.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!