Outra mulher, ex-funcionária da CBF, afirma ter sofrido assédio sexual e moral de Caboclo




Outra mulher afirma ter sofrido assédio sexual e moral do presidente afastado da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo. Segundo informações do site ge.globo, trata-se de uma ex-funcionária da entidade, que depôs no âmbito das investigações relacionadas a essas práticas cometidas contra outra funcionária (lembre aqui).




Em nota, a defesa de Caboclo afirmou que "ele não cometeu crime de assédio contra nenhuma funcionária da entidade.



O dirigente está afastado da CBF desde o dia 4 de junho, quando passou a ser investigado pela Comissão de Ética da confederação.



Desde a semana passada, por determinação da Justiça, Caboclo não pode ir à sede da CBF ou tentar contato com testemunhas do caso. A medida é válida até o dia 26 de agosto, quando ocorrerá a primeira audiência do caso.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!