'Me chamou de fascista, mas as coisas mudam', diz Bolsonaro sobre Ciro Nogueira




O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) diminuiu as desavenças com o senador Ciro Nogueira (PP), cotado para ser ministro da Casa Civil. Bolsonaro fez a declaração durante live, nesta quinta-feira (22), em suas redes sociais.



"Vou conversar com ele na segunda-feira (26). Não vai ser casamento pela internet. Conheço Ciro. E seria uma melhor interlocução com o parlamento. O PP pode ser um partido para eleição. Pode ser. Conversei com Eymael. PSDC, não tem tempo de televisão. Não é fácil chegar a acordo com um partido. É igual a um casamento. Me chamou de fascista mas as coisas mudam. Quem está no Nordeste, quem não fosse Lula. Tarcísio foi do Dnit da Dilma Rousseff. Não vou tirar", comentou.



Questionado sobre a polêmica com a declaração de Braga Neto, o presidente apenas disse que "a resposta está na nota dele".
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!