Interferência na PF: Moraes prorroga por 90 dias ação contra Bolsonaro


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, prorrogou por 90 dias o inquérito que apura eventual interferência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Polícia Federal. A informação foi publicada nesta terça-feira (20) pelo portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.




As investigações foram abertas após acusações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, que entrou em rota de colisão com Bolsonaro. O ex-juiz da Lava Jato entregou o cargo após a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. Ele apontou interferência do presidente (leia mais aqui).



O prazo para a PF concluir as investigações se encerra no dia 27 de julho, mas ainda falta o Supremo definir o modelo do depoimento do presidente – se será presencial ou por escrito. Esse julgamento está programado para setembro.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!