Governo do MT diz que isolou estrangeiros com variante da covid na Copa América






Os estrangeiros que vieram ao Brasil para participar da Copa América e estavam infectados por uma nova variante do coronavírus que, até então, não havia entrado no País, não apresentavam sintomas da covid-19 e cumpriram protocolos de isolamento, segundo informou nesta segunda-feira o governo do Estado do Mato Grosso, onde a nova variante foi mapeada.






De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde do MT, "os casos positivos para covid-19 seguiram as recomendações de isolamento e foram monitorados pela equipe da Vigilância Epidemiológica do município de Cuiabá". O governo do Mato Grosso confirmou a informação, publicada pelo Estadão, de que a variante de interesse B.1.621, originária da Colômbia e que não havia entrado no território brasileiro, foi mapeada no Estado. O governo do Mato Grosso não informou quanto tempo os estrangeiros com a nova variante ficaram no País e se o Estado já chegou a identificá-la em algum brasileiro.


Essa variante foi mapeada pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, que durante a Copa América recebeu amostras de material coletado de atletas, comissões técnicas e outros estrangeiros que vieram ao Brasil por causa do torneio. O Instituto fez o mapeamento genético dos vírus encontrados e descobriu, em um atleta da Colômbia e outro do Equador, esta nova variante, que é originária da Colômbia mas já foi identificada no Caribe, nos Estados Unidos e em alguns pontos da Europa.


Desde sábado o Adolfo Lutz informou o Ministério da Saúde sobre a descoberta, mas o governo federal ainda não divulgou nenhuma informação sobre o assunto. O Estadão fez pedidos de esclarecimento no domingo e nesta segunda, mas ainda não teve resposta.


No domingo, em uma publicação nas redes sociais, o ministério afirmou que a realização do torneio da Conmebol no Brasil não fez o número de casos de covid-19 aumentar. "Em 10 de junho, início da Copa América no país, o número de novos casos registrados em 24 horas era 88 mil. Ontem (10 de julho), final Argentina x Brasil, o número de novos casos ficou em 48 mil, uma redução de quase a metade nos registros", disse o texto.


A postagem afirma ainda que, neste mesmo período, 28.772 testes foram realizados em "jogadores, staff e toda comissão técnica", e que 99,4% deram negativo. De acordo com esses números, a Copa América trouxe 173 pessoas contaminadas ao País.


A variante B.1.621 é do tipo "variante de interesse". Há 21 tipos de variantes de interesse em circulação no Brasil, segundo informações do Instituto Butantan, de São Paulo. Esse tipo de variante precisa ser monitorado, segundo as autoridades de saúde, mas por ora não apresentam indícios de causar contaminações nem mais letais nem mais transmissíveis do que a cepa original do coronavírus. Há também as "variantes de preocupação", estas sim com alterações já identificadas nas características da doença.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!