Irmão de Michelle Bolsonaro é nomeado para cargo no Senado




O irmão da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Diego Torres Dourado, ganhou um cargo de confiança no Senado. Com salário de R$ 13,5 mil, Dourado atua como assistente parlamentar da 1ª Secretaria do Senado, hoje sob comando do senador Irajá (PSD-TO).





Segundo a coluna de Guilherme Amado no portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o cargo tem como função supervisionar os atos administrativos da Casa.



Antes da nomeação, que aconteceu em março, embora tenha repercutido agora, o cunhado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) era soldado da Aeronáutica. Aos 33 anos, ele tinha um posto de confiança no Ministério da Defesa, como assistente técnico, e recebia R$ 5,6 mil por mês.



Diante disso, o senador Irajá, filho da senadora Kátia Abreu (PP-TO) disse à publicação que Dourado ocupa "funções relevantes" na Defesa desde 2007, quando tinha 19 anos, e, portanto, possui experiência para o cargo no Congresso
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!