Saúde Tamanho G: Trabalhadores do Hospital Costa do Cacau novamente com salário atrasado




Os trabalhadores do Hospital Regional Costa do Cacau, mantido pela gestão do governador Rui Costa (PT), estão passando por adversidades em plena pandemia. Sem receber os salários de abril, inclusive extrapolando o 5º dia últil, os funcionários que possuem outro emprego conseguem se manter com dificuldades, enquanto outros vivem problemas diários.

O atraso salarial abrange profissionais de todas as áreas. Segundo informou um colaborador à reportagem do Site Fábio Roberto Notícias, que pediu para não ser identificado, temendo ser perseguido pela coordenadora Diovana Braga, além do atraso no pagamento de salário, que se tornou uma prática corriqueira, os funcionários denunciam outra prática comum no ambiente de trabalho, o assédio moral, perseguição e a carga excessiva de trabalho, sem falar do não pagamento integral do adicional de insalubridade de 40% para os que atuam na linha de frente do combate à covid-19.

Indignados com o descaso, eles procuraram o sindicato para intervir na situação junto à direção do hospital. Se persistir o calote, os trabalhadores não descartam a possibilidade de protesto na porta do hospital, como forma de cobrar seus direitos que passaram ser violados quase todo mês.

Hoje, o Hospital Regional Costa do Cacau é administrado pela IBDAH, alvo da Operação Metástase por suspeita de integrar um esquema de desvio de recursos públicos e ter comprado um mandado de segurança nas mãos da desembargadora Lígia Ramos.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!