Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes deixa o DEM e acerta filiação ao PSD




O prefeito do Rio, Eduardo Paes, acertou nesta semana que deixará o DEM para se filiar ao PSD, partido que negocia também a filiação do governador fluminense Cláudio Castro. A decisão deve ser oficializada nesta quarta-feira (5). As informações são do jornal O Globo.



A expectativa de Paes é levar consigo para o novo partido os deputados federais Pedro Paulo (DEM), Marcelo Calero (Cidadania) e Rodrigo Maia (DEM), ex-presidente da Câmara. Maia vinha conversando nas últimas semanas sobre uma possível ida para o PSDB, que articula uma candidatura do chamado "centro político" que faça oposição ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).



Eduardo Paes já despertava nos últimos meses a simpatia da cúpula do partido, cujo presidente nacional, Gilberto Kassab, tem expressado insatisfação com a conduta do governo Bolsonaro na pandemia e defendido uma candidatura presidencial de centro.



Embora a filiação de Paes não seja tratada internamente como empecilho à entrada do governador Cláudio Castro, o movimento do prefeito do Rio embaralha a costura que o PSD-RJ vinha fazendo de aproximação com a base de Bolsonaro.



Castro, cuja entrada no partido vem sendo articulada pelo deputado federal Hugo Leal (PSD-RJ), um de seus aliados mais próximos, tem feito gestos públicos de alinhamento ao governo federal.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!