Exército decide por abertura de procedimento disciplinar contra Pazuello




O Exército brasileiro decidiu abrir um procedimento disciplinar contra o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, após sua participação em encontro entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e motociclista, no Rio de Janeiro, neste domingo (23). Conforme a CNN Brasil, Pazuello será chamado a se manifestar e apresentar sua defesa. A expectativa é de que o procedimento dure até 30 dias.



Como general da ativa, ele só poderia ir ao ato com autorização do comando do Exército, o que não ocorreu. O evento gerou aglomeração em um momento em que o país se aproxima da marca de 450 mil mortos pela Covid-19.



A investigação deverá avaliar se Pazuello descumpriu o Regulamento Disciplinar do Exército, o qual prevê punição tendo por base o requisito "manifestar-se, publicamente, o militar da ativa, sem que esteja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária".



O artigo 24 do Regimento prevê seis tipos de punição:
"I - a advertência;
II - o impedimento disciplinar;
III - a repreensão;
IV - a detenção disciplinar;
V - a prisão disciplinar; e
VI - o licenciamento e a exclusão a bem da disciplina."
Pazuello será chamado a se manifestar e apresentar sua defesa. A expectativa é de que o procedimento dure até 30 dias.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!