Bolsonaro teria dito para ''contaminar todo mundo logo'"



O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), armou em seu depoimento na CPI da covi19, que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), teria defendido a contaminação em massa da população pelo novo coronavírus. Ao responder o questionamento feito pelo senador pernambucano Humberto Costa (PT), o ex-ministro conrmou que a fala do presidente ocorreu em um evento em Águas Lindas de Goiás, em abril de 2020. Ele teria dito ao governador do estado, Ronaldo Caiado (DEM): "vamos contaminar todo mundo logo de uma vez". A série de depoimentos da CPI da covid-19 foi aberta, nesta terça-feira (4), pelo primeiro ministro da Saúde do governo Bolsonaro, exonerado em abril 2020. Mandetta deu início à sua fala com uma exposição sobre o período que passou no ministério. Segundo Humberto Costa, a informação trazida pelo ex-ministro, pode corroborá com estudos técnicos que dizem que o governo investiu na tese da chamada imunidade de rebanho, reprovada por cientistas desde o início da pandemia. Para o senador, o governo federal agiu ativamente para disseminar o vírus da covid-19, estimulando a crença de que a sociedade atingiria a imunização coletiva. (JC)
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!