Assuntos que repercutiram durante a semana

  




O primeiro foi a morte do ator e humorista Paulo Gustavo, vítima do Covid-19. Durante algumas semanas o humorista travou uma dura e dolorosa batalha contra o Covid e infelizmente não resistiu. Foi preciso morrer para o Brasil conhecer o homem bondoso e caridoso que ajudava as pessoas sem fazer propaganda. Com a sua morte ficamos sabendo que ele gastou 500 mil reais com a compra de oxigênio para Manaus e 1.5 milhão com o Hospital Santo Antônio (das Obras Sociais Irmã Dulce), em Salvador. Fora outras tantas boas ações narradas por parentes e amigos. O Brasil perdeu um grande ser humano.

O segundo assunto foi a ação da polícia carioca na favela de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, deixando um saldo de 29 mortes. O Brasil se dividiu nas opiniões: um lado critica a ação policial e aponta como uma grande chacina, enquanto o outro lado mostra nas redes sociais que os jovens armados eram bandidos e os mesmos mereceram morrer. Acho que a discussão deveria focar na questão armas. Como essas armas de guerra, de uso exclusivo das Forças Armadas, foram parar nessa favela? Não existe fábrica de armas naquela localidade. Como essas armas tão caras e inacessíveis conseguem chegar nas favelas cariocas? Precisamos discutir essa questão, pois parte do Brasil quer armar a população. A minha humilde opinião é que tentar armar a população só vai favorecer mais ainda o crime organizado.

O terceiro tema dessa semana é sobre o Dia das Mães. O segundo domingo de maio homenageia as mães. Uma data especial que precisa ser comemorada, e não comercializada. É importante viver plenamente a ‘sua mãe’ enquanto ela está aqui, neste plano. Mais importante que o presente é a presença. Muitos filhos vivem só ‘o dia’, é necessário viver sua MÃE todos os dias! Visitem mais, deem mais atenção, vivam mais a sua MÃE enquanto ela está PRESENTE. Usufruam dessa dádiva que é ter sua MÃE VIVA. Ouçam e agradeçam a cada conselho dado por ela e não cansem de dizer MÃE, EU TE AMO!

Por último quero falar de FELICIDADE! Como uma única palavra pode influenciar tanto na vida do ser humano? Como é importante ser e estar feliz nessa vida. Ontem vi uma mãe relatando a falta de tudo e ao final ela diz que ganhou uma cesta básica, naquele momento ela estava MUITO FELIZ pois iria ter um domingo com alimento na mesa para ela e os filhos.

A felicidade não tem um valor determinado, pois uma cesta básica pode trazer a felicidade e um carro novo não. Digo isso pois tenho um amigo rico que sofre com a falta de carinho e atenção paterna e apesar de toda riqueza ele não é feliz. Por outro lado, conheço uma comunidade rural muito humilde onde as pessoas vivem felizes com o pouco que tem.

Não estou fazendo apologia à pobreza, até porque desprezo essa palavra e não concordo com a desigualdade social existente no Brasil. Acho que todos podem e devem ter uma vida digna e com o mínimo necessário para viver em PAZ, e o mais importante, SER FELIZ!

Arnold Coelho



Buscando PAZ e FELICIDADE
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!