UPB comemora PL que prevê alíquotas previdenciárias diferenciadas para municípios




A União dos Municípios da Bahia (UPB) comemorou o fato do senador Jaques Wagner (PT), apresentar o Projeto de Lei (PL) que prevê prevê alíquotas previdenciárias diferenciadas para municípios. Se aprovado, os valores serão calculados com base no porte de cada região.



O presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e prefeito de Jequié, Zé Cocá avaliou como positiva a ação. “Nossa luta e união começam a dar resultado”, disse. A UPB e a Fecbahia já haviam realizado reuniões com deputados e senadores baianos para apresentar o problema que afeta os municípios baianos. "Trata-se da incapacidade de pagamento da contribuição patronal previdenciária. A partir do apelo da UPB, o senador Jaques Wagner apresentou um Projeto de Lei que cria o Regime Especial de Contribuição Patronal Previdenciária dos Municípios", revelou a entidade.



De acordo com a UPB, atualmente, independente do seu porte, os municípios pagam uma alíquota na ordem de 20 a 22%. Percentual que inviabiliza o pagamento. “Esse é um foco de desequilíbrio financeiro para os municípios e testemunhar o senador encampando essa luta nos fortalece ainda mais”, revelou Cocá.



A proposta determina que a alíquota de cada região seja calculada de acordo com o seu porte. Pela proposta, a alíquota será de 8 a 18%, inferior à praticada atualmente, e de acordo com a realidade de cada local.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!