Queiroga diz que 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina atrasada




O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou hoje (13), em um café da manhã com jornalistas, que 1,5 milhão de brasileiros atrasaram a segunda dose da vacina contra a Covid. Segundo ele, o ministério vai emitir uma lista por estado com as pessoas que estão com a segunda dose atrasada.

Ainda segundo Queiroga, o trabalho de completar o “esquema vacinal” será feito em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).





Até o momento, duas vacinas são aplicadas no país, as duas em uso emergencial: a da farmacêutica AstraZeneca (em parceria com a Universidade de Oxford), e a CoronaVac, do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Cada uma tem um intervalo diferente entre as doses: para a primeira, a maior eficácia é alcançada quando o intervalo é de três meses. Para a CoronaVac, o melhor resultado ocorre quando a segunda dose é aplicada num intervalo de 21 a 28 dias.

No evento, o ministro ainda afirmou que o governo avalia publicar um protocolo com orientações para uso do transporte público em todo o país. O objetivo é evitar aglomerações dentro dos veículos, o que facilitaria o contágio. (Fonte: Metro1)
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!