Em audiência nos EUA, ex-presidente da Braskem admite crimes




O ex-presidente da Braskem, José Carlos Grubisich, assumiu nesta quinta-feira (15) ter participado de um esquema de desvio de US$ 250 milhões da Braskem (cerca de R$ 1,4 bilhão) para o exterior e de subornar autoridades do governo brasileiro e políticos. A informação foi admitida em audiência realizada em Nova York, nos Estados Unidos.



Segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o ex-executivo da empresa controlada por Petrobras e Odebrecht admitiu ter pago propinas em troca de contratos na área petroquímica da Braskem com a petroleira estatal.



Ele se comprometeu a pagar US$ 2,2 milhões (R$ 12,35 milhões) à Justiça americana. Em agosto, a sentença de Grubisich será conhecida, e a tendência é que ele siga detido. O ex-executivo foi preso Nova York desde o fim de 2019.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!