Vacina de Oxford tem 79% de eficácia contra casos sintomáticos de Covid-19




A eficácia da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica AstraZeneca é de 79% na prevenção de casos sintomáticos. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (22) pelas duas entidades.



Isso significa que, nos testes, a vacina conseguiu reduzir em 79% a proporção de casos sintomáticos que ocorreriam se as pessoas não tivessem sido vacinadas.



Os testes foram feitos nos Estados Unidos, Chile e Peru e os dados mostram que em relação aos participantes com mais de 85 anos, a eficácia foi de 80%.



De acordo com a Astrazeneca e a Oxford, o imunizante é segura e teve 100% de eficácia contra casos graves e contra aqueles que necessitam de hospitalização dos pacientes.



Os testes de fase 3 contaram com 32.449 voluntários nos três países.



A vacina de Oxford é uma das utilizadas no Brasil. Por aqui a Fundação Oswaldo Cruz fechou parceria com a Oxford e Astrazeneca para produção da vacina.



O imunizante é administrado em duas doses. Nesses testes, elas foram aplicadas com 4 semanas de diferença, mas outros ensaios, anteriores, mostram que, se as doses forem dadas com um intervalo de até 12 semanas, a eficácia da vacina pode ser ainda maior. Esse intervalo de 12 semanas é o que está sendo feito na vacinação no Brasil, destaca reportagem do Bem Estar.
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!