Prefeitos cobram Bolsonaro por cronograma de vacinação: "não é momento de armas e munições"




247 - A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) do Brasil emitiu nota nesta terça-feira (16) cobrando Jair Bolsonaro e o governo federal por um cronograma de prazos e metas para a imunização da população contra Covid-19.

No texto, a entidade lembra que em 14 de janeiro, em reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e mais de 130 governantes, ficou combinado que a cada 10 dias o chefe da Saúde se reuniria com a comissão de prefeitos. O trato, no entando, segundo a FNP, não foi cumprido.

Os prefeitos ainda afirmam se tratar de um desrespeito Bolsonaro conduzir políticas de liberação de armas e munições enquanto o país vive uma forte onda de casos de coronavírus e vê, mais uma vez, milhares perdendo a vida a cada poucos dias. “Por isso, a FNP reitera que não é momento para discutir e avançar com a pauta de costumes ou regramento sobre aquisição de armas e munições. Isso é um desrespeito com a história dos mais de 239 mil mortos e uma grave desconsideração com a população”.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!