Argentina detecta primeiros casos de variantes brasileiras do coronavírus




O ministro da Saúde argentino, Ginés González García, disse nesta segunda-feira (8) que seu país detectou, pela primeira vez, duas variantes brasileiras do coronavírus Sars-Cov-2 em quatro viajantes que passaram recentemente pelo Brasil.



De acordo com o G1, uma das cepas identificadas pelas autoridades sanitárias argentinas é a que foi encontrada inicialmente em circulação no estado do Amazonas. Já outras duas amostras apontam para a presença de uma outra variante encontrada no Rio de Janeiro.



"Nós detectamos recentemente a variante do Amazonas P.1 em duas amostras, e a variante do Rio de Janeiro P.2 em outros dois viajantes", disse González em uma rede social. "Todos eles vieram do Brasil", afirmou o ministro em mensagem no Twitter.



O governo argentino, que não informou se pretende tomar alguma medida como o fechamento de fronteiras, reforçou a importância de se investir em uma vigilância epidemiológica e genética para "monitorar a introdução de novas variantes".



Colômbia, Portugal, Turquia, Marrocos, Peru, Alemanha, Espanha e França já impuseram restrições de viagens com o Brasil por conta da nova variante – potencialmente mais transmissível.



Além do Brasil, Reino Unido e África do Sul também registraram variantes do Sars-Cov-2
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!