“O número de óbitos vai explodir”, diz responsável pelo Laboratório de Inteligência em Saúde da Faculdade de Medicina da USP




As mortes por Covid-19 no Brasil aumentaram 64,45% de novembro para dezembro, mostram dados apurados pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde do país. Enquanto novembro teve 13.263 óbitos pela doença, em dezembro esse número foi de 21.811.


Mesmo antes de terminar, dezembro já era o mês com mais mortes pela doença desde setembro. Além disso, é a primeira vez, desde julho, que a quantidade de mortes em um mês é maior que a vista no mês anterior.




Para a enfermeira epidemiologista Ethel Maciel, professora titular da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o aumento nas mortes visto no mês passado é reflexo de aglomerações anteriores – dos feriados de 12 de outubro, 2 de novembro e das eleições.


Ela pontua que os próprios políticos, por exemplo, não deram bons exemplos de comportamentos para evitar a transmissão do vírus.



“As eleições tiveram influência. Políticos, pessoas se aglomerando: infelizmente foi o que nós vimos”, avalia Maciel.




Na sexta-feira (1º), os prefeitos que tomaram posse tiveram cerimônias menores, na tentativa de evitar a transmissão do vírus.


A epidemiologista avalia que, com as comemorações do fim do ano, o cenário deve piorar em janeiro.


“Com as festas de final de ano, com certeza teremos muitos casos e muitas mortes – porque as pessoas não estão fazendo o distanciamento, estão se aglomerando”, diz.


Para impedir as aglomerações, várias prefeituras ao redor do país adotaram medidas restritivas. Mesmo assim, houve quem quebrasse as regras.


O físico Domingos Alves, responsável pelo Laboratório de Inteligência em Saúde da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, concorda com a avaliação da epidemiologista. Ele afirma que os números de dezembro ainda são “a ponta do iceberg” da pandemia no Brasil.



“Ainda é a ponta do iceberg. Para janeiro, esses dados vão se agravar. Nós vamos ter uma mortalidade por Covid aqui no Brasil não vista até agora na pandemia. O número de óbitos vai explodir”, diz.

Informações G1
Pinterest

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Site Tribuna conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Site Tribuna um site de credibilidade!