Mundial de Clubes: Catar vai exigir teste negativo de Covid-19 para torcedores




O governo do Catar anunciou no último sábado (23) que os torcedores que compraram ingressos para o Mundial de Clubes terão que se submeter a testes de Covid-19 antes de entrar nos estádios. A exigência foi informada por Abdulwahab Al Musleh, conselheiro para assuntos esportivos do Ministério da Saúde do país. 



"Os torcedores terão que se submeter ao PCR ou ao teste antígeno pelo menos 72 horas antes de cada partida. Se os resultados forem negativos, não poderão receber seu ingresso", disse.



De acordo com a autoridade, também serão cobrados o uso de máscaras, álcool em gel e o aplicativo que rastreia o contato no país. 



O Catar liberou quase 50% da capacidade dos estádios que vão receber as partidas da competição. No estádio Cidade da Educação, onde o campeão da Libertadores vai jogar, cerca de 21 mil pessoas poderão ver o jogo. Já o Ahmad Bin Ai, que receberá o Bayern de Munique, vai ter pouco menos de 20 mil ingressos à venda.



A Fifa não vai impedir a venda de ingressos para pessoas que morem fora do Catar, mas o protocolo rígido pode dificultar o trânsito de brasileiros.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!