Covid Voltou Com Força e é Preciso Evitar Festas, Alerta Comitê Do Governo De SP




O Centro de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo, órgão ligado ao governo paulista, e a Sociedade Paulista de Infectologia divulgaram notas manifestando preocupação com o aumento de casos e mortes pela covid-19 neste fim de ano. Em documento intitulado Carta pela Vida, especialistas do comitê de contingência destacaram a importância das medidas de proteção como manter as mãos limpas, uso de máscara e álcool em gel e respeito ao distanciamento social.



"A situação atual exige que redobremos os esforços em favor do bem coletivo. A vacina está próxima, mas enquanto ela não chega a única forma de prevenção depende de cada um de nós. Mais do que nunca é preciso do envolvimento e solidariedade de todos", diz o texto do Centro de Contingência do Coronavírus do Estado de São Paulo.

"A transmissão da doença retornou com força. O total de novos casos de coronavírus registrado no mês já é seis vezes maior do que em comparação à soma dos três primeiros meses da pandemia. O número de mortes é 60% superior ao total de vítimas fatais entre março e maio", acrescenta a carta dos técnicos, que têm assessorado o governo desde o início da pandemia.

O Estado de São Paulo vem registrando aumento do número de internações pela covid. Na terça-feira, 29, a taxa de ocupação de UTIs era de 61,4% no Estado. Considerando apenas a Grande São Paulo, o índice sobe para 65,2%. Foram registrados 293 óbitos pela covid-19 nesta terça e 12.477 infecções. Nesta terça, o Brasil registrou 1.075 mortes pela covid, maior balanço diário desde setembro, segundo dados coletados por veículos de imprensa com as secretarias estaduais da Saúde.

Pessoas assintomáticas

"Boa parte das pessoas que transmitem o coronavírus é assintomática, por isso festas, encontros sociais e aglomerações devem ser evitados neste momento. A ação consciente de todos neste período do ano é parte vital na contenção da propagação do vírus", continua o documento. Parte dos especialistas teme que as festas de fim de ano no Brasil tenham as mesmas consequências que o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, que resultou em uma explosão de hospitalizações.

Municípios

Já a nota da Sociedade de Infectologia também cita os municípios paulistas que desobedeceram a fase vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva do plano estadual de reabertura econômica, nos dias 25 a 27 de dezembro, logo após o Natal.

Um decreto da gestão João Doria (PSDB) estipulou na última terça-feira, 22, que todo o Estado entrasse na fase vermelha durante essas datas e de 1º a 3 de janeiro de 2021.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) notificou 19 municípios, a maioria no litoral.

"Neste momento, nós, infectologistas do Estado de São Paulo, fazemos um apelo a todos os brasileiros. Em uma pandemia, cada pessoa é responsável pela sua saúde e pela dos demais. As autoridades precisam cumprir seu papel de gestão, orientação técnica e fiscalização. Cada atitude (boa ou má) tem consequências coletivas", afirma a entidade.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!