TRE-BA cassa diploma de prefeito e vice eleitos




O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) cassou os diplomas do prefeito eleito de João Dourado (BA). Di Cardoso, (PL) e da vice dele, Rita de Dr. Celso (PT). A decisão acontece após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferir a candidatura de Rita. Como as duas candidaturas são indissociáveis, a dupla foi impedida e deverá haver uma nova eleição no município.


No último dia 17 de dezembro, o ministro Luís Felipe Salomão, do TSE, acatou os argumentos de um recurso apresentado pela coligação do candidato derrotado Juninho (PSD). Rita era presidente da Câmara Municipal e assumiu em 28 de setembro – faltando menos de dois meses para o pleito – a chefia do Executivo diante de dupla vacância, pois o vice-prefeito faleceu em 2017 e o prefeito já em 2020. A petista foi, então, considerada inelegível. Ela também é viúva do prefeito Celso Loula Dourado, que morreu aos 72 aos em setembro e era pré-candidato a reeleição.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!