Quase 30 Mil Contribuintes Aderem Ao Novo PPI Da Prefeitura




Quase 30 mil contribuintes aderiram ao novo Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) da Prefeitura, cujo prazo para inscrição terminou na última sexta-feira (27).

Segundo a Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz), os 28.175 contratos de adesão resultaram na regularização de débitos de quase R$1 bilhão (R$ 967.826.515,72), que, para efeito de pagamento aos cofres públicos, somaram R$496.884.496,59, tendo em vista os descontos oferecidos pelo PPI, criado para ajudar tanto quem tinha dívidas antes da pandemia como contraídos em função dela.

Em termos de número de contratos, a predominância foi daqueles que optaram pelo pagamento em cota única, num total de 11.251, resultando na regularização de débitos de R$257.173.320,37, reduzidos a R$ 99.318.604,01, o equivalente a 20% do total das dívidas, em virtude do grande desconto oferecido pelos pagamentos à vista.

Em seguida, 9.971 contribuintes optaram pelos contratos com pagamento em até 12 meses, que somaram R$ 139.106.781,47, reduzidos a R$ 69.564414,42, ou seja, 14% do total dos débitos. Uma quantidade menor de contribuintes (6.953) optou pelo pagamento entre 12 e 48 meses, totalizando R$ 571.546.413,88, reduzidos a R$ 328.001473,07 pelos descontos, o equivalente a 66% do montante negociado.

“É importante o pagamento dos valores vincendos, pois a Prefeitura tem aperfeiçoado seus mecanismos de cobrança, do que pode resultar inscrição dos débitos em dívida ativa, protestos extrajudicial e negativação dos devedores. Fora do PPI, o pagamento dos débitos só será possível através do PAD (Parcelamento Administrativo de Débitos), cujos encargos são muitos diferentes daqueles oferecidos durante o PPI”, disse o titular da Sefaz, Paulo Souto.

O secretário classificou também como acertada a decisão da Prefeitura de lançar o programa para auxiliar quem sofreu com os efeitos da pandemia. “O resultado do PPI comprova o acerto do prefeito ACM Neto quando estabeleceu condições muito atraentes para que os contribuintes tivessem segurança em saldar seus débitos após o período mais grave da pandemia, que afetou a economia das pessoas e das empresas. Isso possibilitará, sem dúvida, a regularização da situação desses contribuintes e, no caso das empresas, restabelece uma das condições mais importantes para a retomada das atividades”, concluiu.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!