Preso, Marcelo Crivella é denunciado pelo MP-RJ por "QG da Propina" na prefeitura do Rio




Preso na manhã desta terça-feira (22) (veja aqui), o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) junto a outras 25 pessoas. Eles são acusados pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e corrupção.



Segundo o Uol, estão entre os denunciados o empresário Rafael Alves e o seu irmão, Marcelo Alves, ex-secretário da Riotur. O ex-senador Eduardo Lopes (Republicanos), o doleiro Sérgio Mizrahy e Mauro Macedo também estão na lista. Integrante da equipe de campanha deste ano do prefeito eleito Eduardo Paes (DEM), o publicitário Marcello Faulhaber também foi denunciado. 



Mais cedo, ao chegar à Delegacia Fazendária, na Cidade da Polícia, onde presta depoimento, Crivella falou rapidamente com os jornalistas. "Fui o prefeito que mais combateu a corrupção na Prefeitura do Rio de Janeiro", declarou, dizendo ainda que agora espera "justiça". 



Crivella foi preso em um desdobramento da Operação Hades, deflagrada em março deste ano, que investiga o chamado “QG da Propina”, suposto esquema de pagamentos de propina para a liberação de contratos da Prefeitura do Rio. 



Com a prisão do prefeito, quem assume o comando da cidade é o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Felippe (DEM). O vice-prefeito Fernando McDowell, morreu em maio de 2018.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!