Fiscalização dá 24 horas para que barracas sejam retiradas



A Fiscalização de Postura do município de Ilhéus notificou os donos de cabanas na Praia do Cristo para retirada das barracas num prazo de 24 horas. A decisão foi tomada quando foram expostos vídeos de aglomerações no local, onde um homem foi assassinado em plena tarde de domingo (13). A localização das cabanas é um fator que tem contribuído para que grande quantidade de pessoas fique próxima, o que contribui para a disseminação do coronavírus. Outra infração percebida é a disposição de mesas na faixa de areia. Conforme o setor, será elaborado um projeto de padronização, com medição de toda a área e redistribuição das cabanas. Só depois, elas voltarão a funcionar. A providência é anunciada exatamente um dia após a circulação de imagens que mostravam a praia cheia e sem nenhuma tipo de medida em favor do tão esperado distanciamento social neste tempo de pandemia. Vale lembrar que a chamada “terra da Gabriela” atrai turistas de diversas partes do Brasil e do exterior. Com a chegada da alta temporada, é crescente o número de visitantes e a preocupação é geral com o já percebido aumento nos casos de Covid-19.
Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!