Alemanha fecha comércio e escolas até 10 de janeiro para frear casos de Covid-19

 


A Alemanha vai fechar o comércio e as escolas entre os dias 16 de dezembro e 10 de janeiro para conter a propagação da Covid-19 no país, anunciou a chanceler Angela Merkel no domingo (13). Apenas serviços essenciais, como supermercados, farmácias e bancos, poderão funcionar neste período.

 

Segundo o G1,  pelo plano, as empresas serão orientadas a dispensar os funcionários ou a priorizar o home office. O país está em "lockdown" parcial há seis semanas, com bares e restaurantes fechados, mas lojas e escolas abertas. Com o aumento das infecções, algumas regiões da Alemanha já impuseram medidas de restrição mais rígidas.

 

A preocupação com a segunda onda de casos cresce com a aproximação do Natal. O número diário de novos registros e óbitos atingiu na última semana o maior patamar desde o início da pandemia.

 

Somente nas últimas 24 horas, segundo o governo da Alemanha, foram 381 mortes, elevando o total para 21.787. Houve ainda 20.200 novos casos confirmados, somando 1.320.716 registros.

 

Na quarta-feira (9), a chanceler alemã, Angela Merkel, pediu - em um discurso emocionado - que o Parlamento aprovasse mais restrições em toda a Alemanha até a primeira quinzena de 2021. "Lamento muito, mas se isso [menos restrições] significa pagar um preço diário de 590 mortes, do meu ponto de vista, é inaceitável", disse Merkel.

Compartilhe no Google Plus

Sobre SITE TRIBUNA

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Site Tribuna. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!